25 novembro 2002



Caso Pedrinho: Visconde de
Sabugosa é o verdadeiro pai!


Eu, Agamenor Mendes Pedrinho, digo Pedreira, filho bastardo de Agamenon, estréio minha coluna aqui no Eu Hein dando um furo mundial! Furo no bom sentido, que fique claro, porque quem dá furo no mal sentado, digo, sentido, é meu titio Enéas, que eu não conheço, mas que é esquisitão. Papai estava errado! Pedrinho não é filho de Monteiro Lobato com Tia Anastácia! Cansado de tanta mentira, Visconde de Sabugosa resolveu assumir a paternidade do Pedrinho, o seqüestradinho do Brasil!
Visconde me contou com exclusividade que meteu o sabugo na Emília mas o relacionamento não foi à frente porque ela vivia doidona depois de cheirar pó de Pirlimpimpim. Dizem as más línguas que Visconde, na verdade, só queria sentar na boneca, vai daí que Emília, chegada numa espiga, preferiu a separação. Visconde só queria saber do Pica Pau Amarelo (com trocadilho, por favor).
Seja como fondo, Visconde está preocupado. Ele teme que Pedrinho acabe sendo apresentado à Suzane Richn bala tofler, que mandou matar os pais porque não conseguia pronunciar seus nomes. Por falar em nome, eu não sei o que é pior: descobrir que sua mãe não é sua mãe ou ter um tio chamado Sinfrônio. Pedrinho pode tentar resolver seus problemas com os pais contratando os serviços de Suzane! Promoção do dia: mate dois pais e despache um tio grátis!
Eu não gosto de falar em pais porque não conheço direito os meus. Só sei que Agamenon deu um trato na Isaura e me abandonou, alegando que o Dodge Dart era pequeno demais para nós dois. Quando eu saía, cabisbaixo, só ouvi minha mãe dizer: "E daí, Agamenon? Teu bilau também é pequeno demais para nós dois e nem por isso eu reclamo".

Agamenor, filho do Agamenon, é igual a meinha: seu pai não assume. Mas que ele fez, fez.

***

Frase do Dia, quer dizer, do Eu Hein:

"Matei minha avó para cheirar. Mas no terceiro dia o cheiro estava insuportável!"

Gustavo Pereira Sorvete Napolitano, o rapaz que, drogado e sob o efeito de entorpecentes, passou o cerol na avó e na empregada.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home